sábado, 4 de junho de 2011

TEM MULHERES DO TIPO ASSIM E MULHERES DO TIPO ASSADO


Chegar do trabalho e rapidamente alcançar o fogão não é, definitivamente, a coisa que eu gosto de fazer...
Não tenho habilidade na cozinha, sou ceguinha em se tratando de temperos, nunca sei o tempo certo de cozimentos dos alimentos, em fim, lá não é meu lugar.
Gosto muito do meu trabalho, das minhas criações. Sou fã dos resultados que alcanço e sei exatamente o que significam para mim.
Acredito que muitas outras mulheres veem a vida dessa forma e da cozinha, só querem o que sai de lá.
Nunca permaneci muito tempo diante do fogão e só faço o básico do básico, o suficiente para me alimentar e não ter que passar a noite, visitando a geladeira de hora em hora, por razões óbvias.
Meu lado dona de casa se limita a passar a vassoura de um lado para o outro e contar os dias até que a minha secretária venha em meu socorro. Também é ela que me deixa algumas coisas prontinhas no congelador para que eu jogue no micro-ondas e deguste juntando ao suplemento que preparo ocasionalmente e sem compromisso.
Não me encaixo na qualidade de mulher com megawatts de potência e ergue a bandeira de quem trabalha fora de dia e a noite se transforma na rainha do lar, mãe e esposa, cuidando inclusive do marido, dos filhos, do marido, das coisas deles, do marido, da casa e por fim, do marido de novo. Todas essas atribuições "do lar" geralmente são realizadas pela manhã ao acordar e a noite antes de se deitar para dormir.
Dentro de casa me reservo ao direito de só executar o que sei, do contrário, agindo como uma mulher multifuncional, acho que desmontaria já na primeira tarefa.
Admiro muito essas mulheres polivalentes. Minha querida mãe que é assim...


Pensar e Falar...: QUE VERGONHA! RIO VIVENCIA ATENTADO AOS PACÍFICOS GREVISTAS BOMBEIROS

Pensar e Falar...: QUE VERGONHA! RIO VIVENCIA ATENTADO AOS PACÍFICOS GREVISTAS BOMBEIROS